9 de ago de 2016

Jogo da Integração (alunos)

CEC substitui aulas inaugurais dos cursos técnicos por jogo Com uso de um tabuleiro, estudantes compreendem metodologia e Manual do Aluno de forma lúdica. Publicação na Intranet: 15/4/2013 Atualizado em: 23/4/2013
Em grupos, estudantes competem em busca da maior pontuação Este ano, as aulas inaugurais dos cursos técnicos do Senac Santa Cecília (CEC) ganharam um novo formato com a introdução de uma atividade participativa. A mudança busca facilitar a absorção das informações e dinamizar a prática. Antes, os responsáveis pelos setores se apresentavam e falavam sobre os serviços oferecidos. Em seguida, o técnico da área e um profissional da secretaria escolar descreviam os procedimentos. Mas a equipe de CEC concluiu que o formato estava cansativo para os estudantes. Então, criou-se o Jogo da Integração. A ideia da mudança foi do técnico supervisor educacional Mauro Vieira. "Surgiu da minha observação da atividade. Também ouvi colegas comentando que os alunos recebiam muita informação de uma vez e que, talvez por isso, alguns resultados não eram atingidos", explica. O jogo A novidade é um jogo de perguntas e respostas que usa um tabuleiro, o Manual do Aluno e slides sobre o curso. Os estudantes são separados em grupos que competem buscando a maior pontuação. Ao final, o jogo fornece subsídios para a apresentação da metodologia de ensino. A atividade exige um espaço amplo, pois o tabuleiro não cabe em uma sala de aula. Por isso, a unidade adequou a agenda de uso do auditório para viabilizar a realização do jogo. O material foi criado pelo próprio Mauro, que convidou docentes e outros funcionários para um teste. Nove pessoas participaram identificando problemas e melhorias. E aprovaram a iniciativa. Desde o início do ano a unidade já realizou três edições do jogo para 74 estudantes, no total. Segundo o técnico, os alunos aprovaram a atividade por ser uma forma descontraída de aprender e de promover a integração. CEC deve continuar aplicando o jogo, inclusive com a equipe técnica. "Vários procedimentos do dia a dia de trabalho podem ser abordados na atividade", conclui Mauro.

6 de ago de 2016

Avaliação do Processo de Desenvolvimento de Competências

Há um tempo distante daqui... de volta! Esta foi mais uma turma que realizei em março de 2016 do Curso Avaliação do Processo de Desenvolvimento de Competências. Conteúdo programático: *A avaliação e a relação professor-aluno *Procedimentos e instrumentos de avaliação *Avaliação formativa: diagnóstico e regulação *Objetividade e subjetividade na avaliação *O processo de síntese da avaliação formativa